sissy eiko  .  dezembro 2006  .  Paulo Arcuri

Mostra de Oficinas Coordenadas por integrantes do Grupo XIX de Teatro
Eu era a carne, agora sou a própria navalha – Estudos sobre Plínio Marcos

.

“Eu nunca fui um escritor profissional. Morreria de fome se fosse viver dos meus livros. Teria de acabar fazendo milhares de concessões. Mas camelô, ah!, isso eu sou bom; vendo meus livros, dou autógrafos e prometo morrer logo para valorizá-los” Plínio Marcos

.

“Para essa gente, os gurus do sistema, o passado é um exemplo, o futuro é uma esperança e o presente é um pé no saco.”  Plínio Marcos