fotografia | sissy eiko

.

Esquizo

por dependência empírica
insisto na inutilidade de escrever
não sei qual bicho que me deu
essa vontade de dar o grito das letras
fazer som, contar lorota em microfone
riscar papel, forçar o pensamento
até
cagar rimas e aliterações
cuspir versos na cara de quem for
digerir metonímias, conquistar metáforas
sentir assonâncias suaves no meu ser
errar o ponto de parar
eu faço versos como quem chuta a bola na trave
eu faço verso como quem erra o buraco da caçapa
eu erro meu esforço e me liberto
.

ivantunes.
Anúncios